Checklist SEO: 6 passos para otimizar o seu site em 2021

Tempo de leitura: 14 minutos

Eh1GAoybc6hOpPRMynwBmD4rg LArhxd3wsbyDrsYby utJGiOQHyEgNCReAdJQqs04bTy58C 5FZ5V 9TGMvgRxvkxgmxqa3Do923upDTa96PKlHvCwg9GklydTGEw3jsKO 1wh - Checklist SEO: 6 passos para otimizar o seu site em 2021

Como otimizar meu site / blog com SEO?

Para te ajudar a aumentar o tráfego orgânico do seu site e sua classificação no Google, preparamos hoje um checklist de SEO. 

Com 6 passos objetivos, você conseguirá implementar uma estratégia de SEO eficiente e que trará resultados muito melhores em 2021. 

Passando do básico até os conhecimentos mais técnicos e avançados, este Checklist de SEO será o seu guia para conseguir chegar aos primeiros resultados do Google sem precisar gastar um real sequer com anúncios. 

Esta é a forma mais duradouro e segura de garantir os resultados que você sempre sonhou.

Então se prepare que agora vamos começar nosso checklist de SEO:

1. Configurações Básicas de SEO.

Para começar, é preciso que você tenha configurado o básico de SEO para conseguir uma estratégia bem sucedida. Então confira se você seguiu os passos abaixo:

1. Configuração do Google Search Console.

Se você não tem isso configurado ainda, é muito importante que comece agora, para entender como seu site performa nas buscas do Google e te permite utilizar os dados para melhorar seu desempenho orgânico.

2. Configuração do Google Analytics.

Esta é uma das ferramentas mais poderosas para você tomar as decisões corretas baseadas nos dados dos usuários. 

É possível gerar relatórios, entender comportamento dos usuários e extrair dados valiosos que vão te ajudar a melhorar sua estratégia de SEO. 

Dica: Conecte seu Google Analytics com o Search Console para a integração nativa entre os dados das plataformas. 

3. Crie Sitemaps.

Um sitemap informa aos mecanismos de pesquisa onde encontrar o conteúdo do seu site para que possam rastrear e indexar facilmente as suas páginas.

O Google oferece suporte a vários formatos de sitemaps diferentes, sendo o .XML o mais utilizado. 

Por exemplo, você encontra o seu mapa do site em:

https://www.dominio.com.br/sitemap.xml

Após ter gerado seu sitemap, lembre-se de enviar para o Google Search Console.

4. Crie e verifique robots.txt no seu site.

Um arquivo robots.txt informa aos mecanismos de pesquisa onde eles podem ou não acessar seu site.

Ele lista todo o conteúdo que você deseja bloquear de mecanismos de pesquisa para não serem indexados durante uma pesquisa.

Você pode verificar se já tem um arquivo robots.txt acessando seudominio.com/robots.txt

2. Pesquisa de Palavras-Chaves.

Uma vez que você completou as configurações básicas, podemos passar para o passo 2 deste Checklist de SEO.

Neste momento, falaremos sobre palavras chave e a utilização correta dentro do seu site.

Sem um processo preciso e bem feito de pesquisa de palavras-chave, não será possível conquistar as primeiras posições para os termos de pesquisa relacionados ao seu conteúdo. 

Por isso, aqui temos algumas tarefas essenciais para te ajudar a seguir este processo da melhor forma. 

Vamos começar?

1. Encontre as palavras-chaves mais relevantes para seu público.

O primeiro passo é encontrar palavras-chave mais relevantes para seu segmento utilizando ferramentas como o Google Keyword Planner, UberSuggest ou o Ahrefs ‘Keywords Explorer

Para começar, você pode escrever uma palavra-chave mais ampla e identificar termos de pesquisa relacionados.

Também veja os relatórios de ideias de palavras-chave, local de onde você conseguirá tirar vários insights para seus conteúdos.

2. Verifique e avalie a “intenção de pesquisa”.

Você precisa garantir que o conteúdo do seu site corresponde à intenção de quem está pesquisando.

Isso significa um trabalho de análise dos resultados rankeados para seus termos-alvo e identificar que tipo de conteúdo você terá que produzir.

Para esta análise podemos utilizar 3 pontos, sendo eles:

O tipo de conteúdo (é um blog, uma landing page ou um ecommerce?);

O formato de conteúdo (podemos classificar como uma lista, um guia, um comparativo?);

e o ângulo do conteúdo (gatilhos que dizem se o conteúdo é “novo”, “exclusivo” – ex: o título deste artigo que traz um Cheklist de SEO para 2021).

3. Encontre termos de pesquisa mais utilizados pela sua persona.

Ao fazer buscas no Google, podemos encontrar algumas sugestões relacionadas com o termo de pesquisa inicial.

Esse é um ótimo ponto de partida para encontrar formas diferentes de chegar ao mesmo resultado.

FqPUrj6ewklF6R10GJ1HyFG4OoFqSmLcaJdGlPBK1ofUDoKCUySzw0KF0RsnIzrmP4z4sRS5m12PVZg1HdYgluI U9fbQQ1DTF808YzrMAmHnuZPu6x5PgZaN0UqIia3tSijk2Qd - Checklist SEO: 6 passos para otimizar o seu site em 2021

4. Procure também subtópicos das sugestões de pesquisa.

Depois de encontrar as sugestões de pesquisa, pegue algumas das mais relevantes e procure subtópicos relacionados ao termo sugerido.

5. Fique atento nas Dificuldades de Palavra-Chave no Google.

Entender a dificuldade de rankear algumas palavras-chave mais amplas e concorridas é algo bem importante. 

Com algumas ferramentas como a visão geral de palavras-chave do SEMRush ou a  dificuldade de palavras-chave do Ahrefs, você conseguirá identificar qual será a dificuldade de um novo site se classificar nas posições da primeira página.

Dica de ouro: Se seu site é mais novo, sem muita autoridade ainda, é recomendável utilizar palavras-chave de baixa concorrência para resultados a curto prazo.

Assim fechamos a etapa de pesquisa de palavras-chave, crucial para garantir bons resultados na sua estratégia. 

Agora chegou o momento de avançar o nosso Checklist de SEO para algumas etapas um pouco mais complexas. 

Vamos juntos entender como otimizá-las da melhor maneira possível.

3. SEO ON Page.

O SEO On Page garante uma boa experiência do usuário na sua página.

É preciso que seu site garanta o cumprimento dos pontos a seguir para garantir um rankeamento nas primeiras posições.

1. Utilize URL’s curtas e descritivas.

Suas URLs devem ser objetivas e deixar claro o que o usuário deve esperar ao clicar na página. De preferência, busque utilizar sua palavra-chave guia do conteúdo na URL também. 

Neste caso, nossa palavra chave é checklist SEO então nada mais claro que a URL com este termo também.

Ex: http://www.hbmarketing.com.br/checklist-seo

2. Tenha títulos atraentes e bem descritivos.

Apesar de ser recomendado, não entre em desespero caso você não utilize exatamente a palavra-chave no seu título e descrições.

O seu objetivo principal deve ser criar frases atrativas que vão gerar mais cliques e tráfego para o seu site. Claro, sem clickbait aqui, por favor. 

3. Use e abuse dos links internos e externos.

Uma das principais formas de ranqueamento é a utilização de links.

Esta prática ajuda e muito a melhorar a classificação do seu site, aumentar a autoridade e ajudar o seu usuário a encontrar outros conteúdos de valor para a jornada dele, seja dentro do seu site ou em sites parceiros.

4. Criação de Conteúdo de Valor.

Aqui é onde você vai gerar conteúdo de valor para as pessoas, utilizando alguns gatilhos para atrair a atenção do usuário e oferecer a melhor experiência com o seu conteúdo. 

Foque em ajudar o seu leitor a encontrar a solução para o problema.

1. Crie introduções poderosas.

Com o aumento de pessoas criando conteúdo das mais variadas formas na internet, conseguir atrair a atenção do seu público logo na introdução é algo primordial.

Se ele não sentir confiança no que você tem a oferecer já nas primeiras linhas, ele não continuará na página e voltará para as pesquisas. 

Então, ainda que indiretamente, uma introdução sem atratividade pode te fazer cair no índice de qualidade do Google.

2. Foque na leitura dinâmica.

Ao longo do texto, evite grandes blocos de textos e informações.

Este tipo de prática traz a sensação de muito esforço para o usuário, que não terá vontade alguma de ler aquelas informações.

Muitos usuários escaneiam um texto antes de decidir se vão ler todas as informações.

Por isso, não abra mão da formatação de Tags de Títulos (H1, H2, H3). 

E utilize as formatações em negrito, destaque de cores para informações relevantes que você deseja dar uma maior atenção..

5. Link Building.

Esta parte do nosso checklist de SEO passará bastante por análise dos concorrentes e monitoramento de menções.

Aqui vou te apresentar algumas táticas de link building experimentadas e testadas para te ajudar a ter resultados mais rápido. 

1. Analise os links do seu concorrente.

Antes de começar qualquer projeto, é bem importante que você faça uma análise dos seus concorrentes. 

Principalmente se você deseja superá-los com sua estratégia. 

E você deve investir um tempo para investigar que tipo de links estão direcionando para seus concorrentes. 

Através de uma funcionalidade do SEMRush, chamada ferramenta de análises de backlinks, você pode analisar o perfil de links do concorrente para entender a qualidade e autoridade geral dos links que direcionam para o site deles.

O Ahrefs também permite esta funcionalidade utilizando a ferramenta Link Intersect.

2. Depois da análise, identifique oportunidades.

Uma coisa é certa, você vai perceber uma série de oportunidades que seus concorrentes estão usando e que você não está aproveitando.

Se um site tem um link para o seu concorrente, é provável que ele também tenha interesse em linkar para você.

Então entre em contato com os sites que você validar como oportunidades e veja a possibilidade de uma parceria, mostrando como seu conteúdo também pode ser relevante para eles.

E fique de olho, pois há sempre novas oportunidades de linkbuilding que você pode explorar e implementar.

Esta é uma tarefa que te cobra um pouco mais de esforço e tempo, mas há plataformas como o SEMRush que disponibilizam ferramentas para te ajudar com a tarefa. 

Com a Link Building Tool, você encontrará em poucos minutos novas oportunidades e sites que podem ser analisados. 

3. Faça Guest Post.

Guest Posting são oportunidades de você contribuir com postagens autorais em sites de terceiros.

A ideia é criar conteúdos de extremo valor para aquela audiência, que está alinhada com seu persona.

Você pode incluir alguns links para conteúdos no seu site que ajudem ou corroborem alguma informação e citar sua marca somente quando faz sentido.

4. Seja esperto e utilize a Skyscraper Technique.

Com certeza você já escutou a frase:

nada se cria, tudo se copia”. 

Vamos analisar esta afirmativa por um outro ângulo:

Sabe aquele conteúdo que você leu e identificou que seria possível aprimorá-lo ainda mais?

Que percebeu que se ele fosse um pouco mais profundo e mais objetivo poderia melhorar ainda mais a sua experiência como usuário?

Pois é exatamente este o objetivo da Skyscraper Technique, ou estratégia do arranha-céu. 

O foco aqui é criar algo melhor e mais incrível do que o que já existe!

Ela se baseia em três princípios básicos, sendo eles:

  • Encontre conteúdo popular que tenha links de outros sites.
  • Crie um conteúdo melhor sobre o mesmo assunto e publique-o em seu próprio site ou blog.
  • Promova seu conteúdo para as pessoas certas e deixe-as saber que existe.

Esta técnica é uma maneira muito eficiente de ganhar links de qualidade seguindo um processo já comprovado.

Combinando um ótimo conteúdo, que gera extremo valor para sua audiência, com ótimos links é uma receita infalível para o sucesso do seu blog.

5. Fique de olho em links perdidos.

Links quebrados e perdidos são mais comuns do que se imagina. 

É sempre importante ficar de olho e verificar se há algum link do seu site que possa estar com problemas, então inclua rotinas de auditoria quinzenais para garantir a performance máxima de todos seus links. 

Lembre-se que ao clicar em um link e descobrir que ele não leva para a página esperada pode prejudicar bastante a experiência do usuário. 

Já colocando todos os passos descritos até aqui no nosso Checklist de SEO você já estará à frente de muitos dos seus concorrentes.

Muitos não fazem o que dá trabalho, querem os resultados básicos de uma estratégia fácil.

Porém, para ter resultados ainda mais potencializados e recorrentes, é preciso prestar atenção também aos aspectos mais técnicos do SEO.

Muito do seu resultado depende de utilizar estes pontos para o seu crescimento.

Vamos para a última parte então?

6. Técnicas Avançadas de SEO.

Apesar de técnico, vamos trazer problemas muito comuns de acontecerem, mas que são fáceis de serem resolvidos.

Preste bastante atenção e aplique já no seu site.

1. Procure e corrija os erros de rastreamento.

Os problemas de rastreamento ocorrem quando seu site não pode ser indexado pelo Google.

Significa que o Google está tendo problemas para visualizar o conteúdo do seu site, por isso ele não consegue se classificar nas buscas.

O lado positivo é que você pode encontrar erros de rastreamento de forma gratuita e bem rapidamente utilizando o Google Search Console, na aba Cobertura (Coverage).

vRd2YIifm241IBiLpiVYZ2 7XgUUDM7WO1KFnDaZxj0iYqm EK5n2txo8aWBLWvdvlZu0LZyhL3LZT1np3Vv6sCdSJSuvkgein455MrB1gNjBsSOtGLWupyb6W SxDmTR5uPLDSD - Checklist SEO: 6 passos para otimizar o seu site em 2021

2. Certifique-se de que seu site carrega rápido.

Atenção para este ponto: Uma nova atualização do Google, prevista para Maio de 2021, dará ainda mais destaque para a experiência do usuário dentro da sua página.

E não há nada pior para a experiência do usuário do que entrar em um site que demora a carregar.

O tempo ideal para carregamento de página é abaixo de 1s, sendo aceitável até 3s. Acima deste tempo, a taxa de pessoas que saem da sua página atinge os 90%.

Uma ferramenta muito utilizada para avaliação de desempenho de sites e apontamento de erros é o Google Page Speed Insights.

3. Seja Mobile Friendly.

Com a facilidade e acessibilidade do celular, sabemos que a maioria das pesquisas ocorrem em dispositivos móveis. 

Por isso é PRIMORDIAL ter um site otimizado para este canal.

Para saber se seu site é Mobile Friendly, pode utilizar a ferramenta de teste de compatibilidade com dispositivos móveis do Google

4. Evite links quebrados no seu site.

Links quebrados são aqueles em seu site que apontam para recursos inexistentes – eles podem ser internos ou externos, como sites de publicidade, páginas retiradas do ar, etc.

Saiba que links de saída quebrados levam a uma experiência ruim do usuário, por isso prejudicam seu ranqueamento. 

Você pode consertá-los de duas formas: removendo de vez ou substituindo por links ativos.

Agora é a sua vez!

Aplique o Checklist de SEO.

Chegamos ao fim deste checklist de SEO abordando os pontos mais importantes do momento.

Seguindo todos este passo a passo na sua totalidade, você conseguirá otimizar muito bem o seu site no Google durante este ano de 2021.  

Você provavelmente estará bem à frente de seus concorrentes.

Com o esforço e constante aprendizado, você estará trilhando o caminho para chegar nas maiores classificações do Google.

Gostaria de saber mais sobre como rankear seu site para o topo do Google?

Confira nosso artigo com dicas de SEO.